Barcelona empata em Valência e mantém quatro pontos de avanço

0

O Barcelona arrancou este domingo um empate 1-1 em casa do Valência e manteve o perseguidor a quatro pontos, num desafio da 13.ª jornada da liga espanhola marcado por grave erro de arbitragem que prejudicou os catalães.
Aos 29 minutos, Lionel Messi rematou, o guarda-redes Neto deu um ‘frango’ e foi tirar a bola já depois de ultrapassar claramente a linha de golo, mas o árbitro Iglesias Villanueva e os seus auxiliares não sancionaram o lance: a Espanha não utiliza tecnologia da linha de baliza e só para a próxima época vai usar o video árbitro. 
 
O avançado ex-benfiquista Rodrigo (60 minutos) colocou o Valência na frente, mas o lateral-esquerdo Jordi Alba (82) empatou e deixou tudo igual na frente. 
 
O Barcelona comanda com 35 pontos, mais quatro do que o Valência (31), enquanto Atlético de Madrid e Real Madrid, que venceram sábado, somam 27, encurtando assim dois pontos para os rivais. 
 
Com o português Nelson Semedo no ‘onze’, o Barcelona foi mais forte no primeiro tempo, com uma pressão alta que não deixava o adversário pensar o seu jogo, mas o ‘nulo’ mantinha-se ao intervalo. 
 
O Valência surgiu transfigurado na etapa complementar e o português Gonçalo Guedes (60) serviu José Gayá, que cruzou para Rodrigo fazer o 1-0, antecipando-se ao guarda-redes Ter Stegen. 
 
O Valência era agora uma equipa mais musculada, aguerrida, mas não conseguiu controlar o génio de Messi, que ‘descobriu’ Jordi Alba nas costas de Montoya e o médio dos catalães restabeleceu o empate. 
 
O português Ruben Vezo (86) ainda entrou para o Valência, mas o resultado não se alterou. 
 
O Villarreal esteve para destronar o Sevilha do quinto lugar, mas, a vencer por 2-0 durante já o segundo tempo, permitiu a reviravolta dos andaluzes, que assim ampliaram o fosso para quatro pontos, fugindo para os 25 contra os 21 do rival. 
 
O avançado congolês Bakambu (19) e o colombiano Carlos Bacca (53) adiantaram os anfitriões, mas o francês Lenglet (56) e o italiano Vásquez (57) empataram de rajada, com o desafio a decidir-se pelo argentino Banega (78), de penálti, que ‘expulsou’ Victor Ruiz. 
 
O lateral esquerdo luso Kevin Rodrigues foi titular no empate cedido pela Real Sociedad ante o Las Palmas (2-2). Resultado precioso para os ilhéus, penúltimos com sete pontos, mas penalizador para as ambições europeias dos bascos, sétimos com 19 pontos, agora a dois do sexto. 
 
Na Galiza, Deportivo da Corunha e Athletic Bilbau empataram-se (2-2) na fuga aos lugares de despromoção, destacando-se o golo do portista Adrian López, o seu segundo esta época, que na altura valia o empate 1-1. 
 
Os galegos são 17.º, com 12 pontos, cinco acima da linha de água, enquanto os bascos têm mais um, 13.

TPA com RTP / EB

Share.

Sobre o autor

Eliseu Augusto Botelho é jornalista da Televisão Pública de Angola desde Dezembro e 1999. Foi editor do 1º Jornal e do Jornal Nacional, ambos na TPA2 e Coordenador do Jornal da Tarde e co-coordenador do Telejornal, ambos na TPA1. Já foi chefe de redacção do Centro de Produção da TPA em Caxito-Bengo. Actualmente exerce a função de jornalista na Direcção de Multimédia da TPA, cuja tarefa é gerir os conteúdos publicados nas várias páginas do facebook da estação e no seu site oficial. Tem o curso médio de Jornalismo do IMEL e várias formações em Angola e Portugal com professroes, Angolanos, Brasileiros e Portugueses. É licenciado em Relações Internacionais, pelo Instituto Superior de Relações Internacionais, afecto ao Ministério das Relações Exteriores da República de Angola.

Deixar uma resposta