Artur Almeida e Silva perde em Tribunal

0

O Tribunal Provincial de Luanda considerou, ontem, procedente a providência cautelar intentada pelo candidato Norberto de Castro, que reclamava o seu afastamento da lista de concorrentes à presidência da Federação Angolana de Futebol (FAF) para o ciclo olímpico 2020-2024, pela Comissão Eleitoral.

Norberto de Castro recorreu à Justiça, pedindo que fosse suspenso o processo eleitoral ganho por Artur Almeida e Silva, por considerar que as razões invocadas pela Comissão Eleitoral para a sua inelegibilidade não estavam conforme o previsto na lei.

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: