Arkansas executa oito reclusos em 10 dias devido a validade de injeções

0

Para o governador do Arkansas, esta é uma medida “necessária ao cumprimento da lei”.

O estado do Arkansas, nos Estados Unidos, vai apressar a execução de oito reclusos por estar a chegar ao fim validade de um componente das injeções letais. As execuções, oito em apenas 10 dias, acontecerão no mês de abril, entre o dia 17 e 27.

De acordo com a CNN, há já 11 anos que não são executados reclusos no Arkansas – desde 1977 quando a lei da pena de morte foi reintroduzida – e nunca houve tantos reclusos a ser executados num espaço tão curto de tempo.

O governador do Arkansas, Asa Hutchinson, responsável pelas ordens executivas e defensor da pena de morte, disse que se trata de “uma medida necessária para cumprir a exigência da lei”, mas também é importante para encerrar o sofrimento das famílias das vítimas que viveram anos de incerteza.

Os oito reclusos em causa – Bruce Ward, Kenneth William, Jack Harold Jones, Jason McGehee, Stacey Johnson, Don Williamson Davis, Marcel Williams e Ledell Lee -, quatro brancos e quatro negros, foram condenados por assassinatos ocorridos entre 1989 e 1999. Vão ser executados dois a dois.

Trata-se de algo sem precedentes na história recente do país, uma vez que só em duas ocasiões se executaram oito reclusos num mês. Ainda assim, nunca num período de 10 dias.

Fonte: Notícias ao minuto/BA

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: