Após ser deixada pelo marido com 6 filhos, ela descobriu algo escondido em seu carro, e sua vida mudou! Após ser deixada pelo marido com 6 filhos, ela descobriu algo escondido em seu carro, e sua vida mudou!

0

Na vida passamos diversas vezes por momentos complicados e que fazemos de tudo para superar.

Nesses momentos contamos com a ajuda de amigos e parentes para nos ajudar de alguma forma. Isso não foi diferente quando este marido abandonou sua casa com a esposa e seis filhos. Confira a história contada pela própria mulher:

Ele se foi em setembro de 1960. Eu acordei nossos seis filhos pequenos, que estavam com fome. Mas não tinha nenhum dinheiro na bolsa. O pai deles havia ido, e levado como ele sua presença medonha. Mas também levou os US$ 15 semanais que ganhávamos para comprar comida. Precisávamos de um sustento. Dei banho nas crianças até deixá-las impecáveis, coloquei meu melhor vestido e saímos no nosso Chevy Bel 51 para eu encontrar um emprego.

 

Visitei cada fábrica, tenda e restaurante desta pequena cidade no sul de Indiana, [Estados Unidos], mas não tive sorte. Meus filhos esperavam apertados no carro enquanto eu tentava convencer alguém de minha capacidade de aprender e fazer qualquer coisa. O último lugar que visitei, justo quando estava perdendo toda a esperança, foi uma velha distribuidora de cervejas fora da cidade, chamada Big Wheel.

A dona era uma velhinha chamada Granny, que de tempos em tempos ia para a janela ver meus filhos dentro do carro. Ela precisava de uma pessoa para ficar lá no turno da noite, das 11 da noite às 7 da manhã. Ela pagava 65 centavos de dólar por hora e eu poderia começar na mesma noite.

 

Me apressei para voltar para casa e chamei uma babá. Combinamos que eu pagaria 1 dólar por noite e que ela poderia dormir no sofá. Na mesma noite, arrumei os meus filhos e nos juntamos para rezar; demos graças a Deus por ter me concedido um emprego.

 

Todas as manhãs, eu chegava e acordava a babá, dava a ela um dólar tirado do meu salário e a mandava para casa. Conforme as semanas se passavam, meu salário ia para pagar a alimentação e para fazer a manutenção do meu carro. Especialmente os pneus, que exigiam muita manutenção e enchimento constantes. E isso acabava saindo caro…

 

Uma noite, quando eu saí do trabalho e estava indo para casa, encontrei meus quatro pneus no banco traseiro do meu carro. E nas rodas: quatro pneus novos! Não havia uma nota, nada, só os quatro pneus novos. Haveriam anjos em Indiana? Meu dinheiro não era suficiente, então eu iria me oferecer para limpar a oficina do mecânico em troca de pneus novos.

O Natal estava cada vez mais perto, e eu sabia que era impossível juntar dinheiro para comprar presentes para os meus filhos. Assim, eu consegui uma lata de tinta vermelha e comecei a pintar os brinquedos velhos. Eu os escondi no sótão para dar aos meus filhos algo diferente. Na véspera do Natal, eu estava na Big Wheel, com os clientes de sempre. Eram os caminhoneiros Les, Frank, Jim e o policial Joey.

Às sete da manhã já era manhã de Natal e, para minha surpresa, encontro um monte de pacotes embrulhados em cima do meu carro, de todas as formas e tamanhos. Dentro dos pacotes, havia roupas, de tamanhos de 2 a 10 anos, cestas com panetones, doces, frutas secas, bananas e muita comida. Um grande pernil, vegetais em lata, sopas, pudim e farinha. Também havia produtos de limpeza e uma grande boneca.

 

Entre lágrimas de felicidade, eu agradeci pela solidariedade de quem quer que seja que tenha deixado aquilo para mim. Nunca vou me esquecer da alegria que meus filhos tiveram ao receberem esses presentes. Sim, havia anjos em Indiana naquele dezembro. E todos eles frequentavam Big Wheel”.

Fonte: Jornalciência/BA

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: