Angola goleia Libéria e ascende à liderança

0

Angola soma e segue, ao golear por 5-0, a Libéria, a segunda vitória no Campeonato Africano de Futebol para amputados, que decorre na cidade de Benguela, até 12 do corrente.

No desafio que opôs o campeão do Mundo ao africano, disputado no Estádio São Filipe, foram mais fortes os anfitriões, que com o triunfo somaram sete pontos, liderando ex-aequo, com a Nigéria, a tabela classificativa da prova.
Foi uma partida onde a Selecção Nacional procurou dar sempre intensidade nas acções de contra ataque. Aos 14 minutos, o liberiano Prince Wymah, fez um auto-golo a favor dos comandados de Augusto Baptista “Cheto”.
No decorrer dos 50 minutos, tempo regulamentar, a equipa angolana manteve a toada ofensiva e por intermédio de João Chiquete por duas vezes e Hilário Kafula, em igual número, ampliaram e sentenciaram o marcador.
A equipa adversária revelou sempre grande espírito competitivo e nunca virou a cara à luta, atitude ainda assim insuficiente para desfeitear os intentos dos detentores do título Mundial.

Outros Jogos
Nas outras partidas do dia, a Serra Leoa conseguiu, a segunda vitória ao derrotar os Camarões, por 2-0. Ao intervalo os serra-leoneses venciam os camaroneses por 2-0, com golos de Amadu Kamara e Gbassay Kanu.
Líder da competição com sete pontos, a Nigéria empatou a zero frente à Tanzânia.
Um comunicado emitido ontem, pela comissão técnica deu a conhecer que por não se realizar o jogo um referente à primeira jornada, a comissão do Campeonato Africano de Futebol, respeitando o regulamento da WAFF, averbou falta de comparência a Serra Leoa por ter chegado tarde ao palco da competição. Assim sendo, é considera vitória para a Tanzânia.

Cheto sempre acreditou
O seleccionador nacional, Augusto Baptista “Cheto” disse ter acreditado sempre num desfecho positivo no desafio diante do campeão africano.
“Tinha consciência que jogo seria um bastante difícil, pois pela frente teríamos o campeão em título. A Libéria joga muito bem, mais só ganha quem marca golos.
Fomos felizes porque soubemos aproveita os erros. O campeonato não está fácil para ninguém, mas conseguimos levar a melhor ganhamos folgadamente”, concluiu.
Por sua vez, o técnico da Libéria acusou a equipa de arbitragem, de ter facilitado os “donos da casa”: “não tenho muitas palavras. Apenas lamento que Angola tenha sido beneficiada pela Arbitragem”.

Fonte: JA/LD

Share.

Sobre o autor

Avatar

Eliseu Augusto Botelho é jornalista da Televisão Pública de Angola desde Dezembro e 1999. Foi editor do 1º Jornal e do Jornal Nacional, ambos na TPA2 e Coordenador do Jornal da Tarde e co-coordenador do Telejornal, ambos na TPA1. Já foi chefe de redacção do Centro de Produção da TPA em Caxito-Bengo. Actualmente exerce a função de jornalista na Direcção de Multimédia da TPA, cuja tarefa é gerir os conteúdos publicados nas várias páginas do facebook da estação e no seu site oficial. Tem o curso médio de Jornalismo do IMEL e várias formações em Angola e Portugal com professroes, Angolanos, Brasileiros e Portugueses. É licenciado em Relações Internacionais, pelo Instituto Superior de Relações Internacionais, afecto ao Ministério das Relações Exteriores da República de Angola.

Deixar uma resposta