Angola e EAU assinam memorando de entendimento

0

O Banco de Desenvolvimento de Angola (BDA) e os Emirados Árabes Unidos ( EAU) rubricaram, esta segunda-feira, um acordo de cooperação, com vista a facilitação na aquisição de tractores fabricados na Zona Económica Especial (ZEE), em Luanda.

Foram signatários, o presidente do Conselho de Administração do BDA, Henda Inglês, e o Sheik Ahmed Diamook Maktoum.

No documento, a instituição bancária propõe-se financiar a aquisição de tractores produzidos, no país, pelos Emirados Árabes Unidos.

Ao intervir, Henda Inglês afirmou que o BDA vai, de igual modo, apoiar a fábrica em acções de marketing, visando dar a conhecer ao público alvo o objectivo da unidade fabril.

Para o efeito, o banco providenciou um projecto jornalístico, a iniciar dentro de dias, que dará a conhecer as actividades do sector agrícola no país, o qual terá a duração de 30 dias, sendo uma oportunidade para os bens produzidos na fábrica serem conhecidos.

Fez saber que o BDA está a trabalhar no financiamento do sector agrícola com capital circulante, cujo valor não revelou, e tem em perspectiva o financiamento da produção de máquinas e equipamentos.

Por seu turno, o Sheik Ahmed Maktoum referiu que a fábrica tem capacidade para produzir três mil tractores ano, num investimento, que a seu ver, vai de acordo ao apoio a diversificação da economia em Angola.

Referiu que o seu país pretende ainda investir, nos próximos tempos, na produção de fertilizantes.

Na ocasião, o ministro da Economia e Planeamento, Sérgio Santos, que presenciou o acto, sublinhou que caberá ao BDA  facilitar a aquisição de tractores aos cidadãos que não tenham possibilidades de adquiri-los a pronto pagamento.

Nesta vertente, explicou, as pessoas que se encontrarem nesta condição ficarão a dever ao banco, sendo a amortização feita a prestações.

O governante sustentou não estar estipulado um valor total do acordo, visto que, em princípio, o mesmo visa suportar a produção de tractores.

De referir que em Janeiro deste ano, a Agência de Investimento Privado e Promoção das Exportações de Angola (AIPEX) e a Câmara de Comércio e Indústria Angola/Emirados Árabes Unidos rubricaram, em Luanda, um memorando de entendimento para negociação de linhas de crédito e pacotes de financiamento.

Angola abriu uma representação diplomática nos EAU em 2004, através de um consulado geral, que passou, quatro anos depois, ao estatuto de embaixada.

Entre outros sectores, os países cooperam nas áreas de petróleo, gás e agricultura.

Fonte: Angop

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: