Angola defende mudanças na estrutura da ONU

0

O ministro das Relações Exteriores, Téte António, defendeu esta sexta-feira mudanças na estrutura da Organização das Nações Unidas (ONU), para entrada de um país africano como membro permanente no Conselho de Segurança desta organização internacional.

O chefe da diplomacia angolana manifestou tal posição no lançamento da 75ª Sessão da Assembleia Geral das Nações Unidas, que decorre por vídeoconferência.

Os membros permanentes do Conselho de Segurança das Nações Unidas, também conhecidos como os cinco permanentes ou P5, incluem a China, França, Rússia, Reino Unido e os Estados Unidos América (EUA).

Cada um dos membros permanentes possui o poder de veto, que os permite evitar a adopção de qualquer resolução pela organização.

O ministro das Relações Exteriores entende que a solidariedade é um valor que as Nações Unidas devem continuar a defender, tendo como primazia a defesa do multilateralismo.

Indicou que Angola está empenhada na pacificação do continente africano, reiterando a vontade de continuar a desempenhar o seu papel no Conselho de Segurança das Nações Unidas e na Comissão de Reconciliação e Paz.

A 75ª sessão da Assembleia Geral das Nações Unidas acontece num momento particular em que todos os países do mundo fazem frente à pandemia de COVID-19.

As discussões no Debate Geral estão centradas à volta do tema central  “O futuro que queremos, a ONU de que precisamos: reafirmando o compromisso colectivo com o multilateralismo”. 

Estão, igualmente, agendadas reuniões temáticas de alto nível, à margem da Assembleia Geral das Nações Unidas, nomeadamente: Reunião de Alto Nível de Comemoração do 75º Aniversário das Nações Unidas e Cimeira sobre a Biodiversidade.

O momento mais alto da participação de Angola será no dia 22 de Setembro, durante o discurso de Chefe de Estado, João Lourenço, na plenária do Debate Geral.  

No dia 30 de Setembro, Adjany Costa, ministra da Cultura, Turismo e Ambiente, representará o  Presidente da República na Cimeira da Biodiversidade. 

No dia 1 de Outubro, Faustina Alves, Ministra da Acção Social, Família e Promoção da Mulher, será a representante angolana na Reunião de Alto Nível para comemoração do 25º Aniversário da 4ª Conferência Internacional sobre a Mulher.  

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: