Angola Cables e CTM Macau estabelecem parceria para desenvolver oportunidades digitais

0

A Angola Cables, multinacional de telecomunicações, e a CTM Macau, líder de serviços de telecomunicações em Macau, anunciaram a assinatura de um memorando de entendimento para melhorar as oportunidades digitais e de negócios entre Angola, Macau, na China Continental, Brasil, e outros os países africanos de língua portuguesa em África.

Esta parceria, segundo os signatários, visa promover estratégias e oportunidades para vincular a área da Grande Baía de Macau a África, às Américas e aos países de língua portuguesa.

O Presidente da Angola Cables, António Nunes, diz que as discussões e a cooperação entre as partes serão fundamentais para re-definir os ecossistemas digitais na África e ajudar a superar a lacuna de conectividade existente entre o continente e o resto do mundo.

“Este acordo permite também um aumento considerável de oportunidades para a nossa operação no Brasil que ligando a Angola e, por conseguinte, a Macau com a CTM, podem desempenhar um papel muito importante, permitindo ligações eficientes ao Oriente”, acrescenta.

“A expansão da conectividade no hemisfério sul tem o potencial de desbloquear as muitas vantagens e benefícios trazidos pelo acesso digital seguro – da promoção do de comércio exterior ao desenvolvimento econômico robusto”, diz ainda Nunes.

O responsável pela da CTM Macau, Vandy Poon, diz que o potencial da parceria reflecte o posicionamento da empresa em participar activamente nos projectos de Macau no contexto da Grande Baía e da Iniciativa One Belt One Road.

“Alavancando o status de Macau como plataforma privilegiada para conectar a China aos países de língua portuguesa às Américas entrando no Brasil, a CTM acredita que, com os crescentes níveis de integração na Grande Baía, Macau desempenhará um papel significativo na promoção da cooperação comercial entre empresas da China e países de língua portuguesa na África e América (Brasil), possibilitando a exploração conjunta de novos investimentos e oportunidades de negócios e mercados”, considera Vandy Poon.

Fonte: Novo Jornal/BA

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: