Alimentação saudável e prática de exercício físico combate células cancerígenas

0

Combata a obesidade e previna o cancro. É um dos conselhos da nutricionista Diana Pereira Alexandre, do Instituto Português de Oncologia (IPO) de Lisboa.

O “consumo alimentar desequilibrado e excessivo, aliado ao sedentarismo” são factores promotores do cancro, alerta a nutricionista, notando que “cerca de um terço dos cancros mais comuns podem ser prevenidos através da dieta, do peso corporal saudável e do exercício físico”. “Não é a ação isolada de um alimento específico que previne o cancro”, devendo considerar-se “o efeito de todos os alimentos que fazem parte da dieta habitual”.

A trabalhar há 13 anos como nutricionista, Diana Alexandre considera que “os ganhos advêm do padrão de consumo alimentar e dos efeitos aditivos e/ou sinérgicos dos vários componentes da dieta, associados a outros fatores de estilo de vida.” No que respeita aos doentes oncológicos, nota que um estado nutricional adequado é essencial na fase de tratamento, o que “em certas situações é um verdadeiro desafio”, afirma.

O reconhecimento do “papel fulcral” da nutrição no “funcionamento do organismo” e na “manutenção da saúde”, bem como “no tratamento de várias doenças” levou Diana Alexandre, de 36 anos, a especializar-se nesta área.

“A alimentação saudável e equilibrada diminui o risco de doenças crónicas não transmissíveis, incluindo alguns tipos de cancro”, afirma, explicando de que forma é que a alimentação pode contribuir para prevenir e combater a doença.

Fonte: SIC/ JS

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: