AIPEX regista investimento de mais de USD 3 mil milhões na ZEE

0

A Agência de Investimento Privado e Promoção das Exportações (AIPEX) registou, nos últimos três anos, um investimento privado na ordem dos três mil milhões e 492 de dólares norte-americanos, em diferentes projectos na Zona Económica Especial (ZEE) Luanda-Bengo, informou o seu presidente, Henrique da Silva.

O responsável, que falava à margem da visita do corpo diplomático acreditado em Angola à ZEE, frisou que dos valores referenciados, 120 milhões de dólares foram investidos em 2020, considerando ter sido um ano atípico devido à pandemia da Covid-19.

“Acreditamos que ao longo deste ano e em 2022 a recuperação será efectiva no sector da agricultura”, disse.

Conforme o responsável, os investimentos foram mistos (nacionais e estrangeiros), tendo uma predominância no sector da indústria.

Durante o período em referência, a AIPEX registou 23 mil e 191 postos de trabalhos nacionais e mil e 796 expatriados.

Henrique da Silva esclareceu que os projectos montados na ZEE demonstram as vantagens proporcionadas pela Lei do Investimento Privado.

A visita promovida pelo Ministério das Relações Exteriores (MIREX) e a Zona Económica Especial Luanda-Bengo para o corpo diplomático acreditado em Angola enquadra-se no espírito de promoção da diplomacia económica, a principal “ bandeira “ da política externa do Executivo angolano.

A Zona Económica Especial (ZEE) Luanda/Bengo, criada em 2009, tem como missão a atracção de investimentos internos e externos, nacionais e estrangeiros, incentivar o desenvolvimento e a diversificação da economia do nosso país, por via do aumento da produção, crescimento das exportações e redução das importações.

O empreendimento conta, actualmente, com 80 empresas instaladas.

 

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: