AGT distinguida melhor instituição do ano 2020 pela AIBA

0

A Administração Geral Tributária (AGT) venceu o prémio de “Melhor Instituição Pública do Ano 2020”, na noite de quinta-feira, em Luanda, numa distinção da Associação das Indústrias de Bebidas de Angola (AIBA), que homenageou os empresários deste sector.

A premiação é justificada, pela promotora da iniciativa, pelo empenho demonstrado junto dos intervenientes do ramo das bebidas, nos últimos dois anos, primando sempre pela acção pedagógica na sua missão de arrecadação de receitas para o cofre do Estado.

“Nos últimos dois anos, a AGT tem trabalhado de forma acertada com os produtores nacionais, criando mecanismos de maior interacção entre esta instituição e o sector empresarial”, argumentou o presidente da AIBA, Manuel Sumbula, durante a gala afim.

No mesmo evento, a AIBA considerou a empresa de bebidas espirituosas National Distellers “Melhor Associado do Ano”, enquanto o coordenador do Grupo Técnico Empresarial (GTE), Carlos Cunha, foi distinguido como a “Personalidade do Ano 2020”.

Manuel Sumbula justificou a atribuição do prémio “Melhor Associado do Ano” à National Distellers pela disponibilidade e cooperação que esta empresa demonstrou ao longo do ano em análise, caracterizado pela pandemia da Covid-19.

Conforme o presidente da Associação das Indústrias de Bebidas de Angola, a atribuição do prémio ao empresário Carlos Cunha resultou da votação dos associados, que reconheceram o empenho do vencedor na defesa do empresariado nacional.

Em declarações à imprensa, a directora-geral da National Distellers, Agata Russell, afirmou que a conquista do prémio resulta do trabalho que a empresa tem demonstrado, em parceria com outros associados da AIBA.

Apesar de mostrar-se surpresa e orgulhosa pela conquista do galardão, a gestora afirmou que “a concorrência desleal no mercado angolano ainda é uma realidade que deve ser combatida, visando a expansão e o desenvolvimento do sector das bebidas”.

Na ocasião, o coordenador do GTE, Carlos Cunha, destacou a negociação entre os empresários e a AGT como um dos ganhos obtidos no ano passado, facto que ajudou a evitar o despedimento de mais trabalhadores das empresas de bebidas.

Apontou a exportação de bebidas de Angola para a Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC) e China como um dos desafios dessa indústria.

Criada a 1 de Outubro de 2014, com 12 membros fundadores, a Associação das Indústrias de Bebidas de Angola (AIBA) é actualmente um dos mais desenvolvidos no país em termos de capacidade de produção e desenvolvimento económico.

A AIBA conta com mais de 44 membros associados e é representada em seis categorias distintas: águas de mesa, sumos e néctares, refrigerantes, cervejas, cidras, vinhos, bebidas espirituosas e embalagens.

 

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: