A promessa de Modric se vencer o Mundial

0

A Croácia vê o sonho de conquistar o Mundial a ficar cada vez mais próximo, após a vitória frente à Inglaterra. E o capitão Luka Modric já revelou como será a comemoração em caso de triunfo na grande decisão final, contra a França, no próximo domingo, em Moscovo.
«Se ganhar, vou pintar o cabelo. Toda a equipa vai pintar o cabelo. Vamos ver», prometeu o craque, segundo divulgou o portal brasileiro Lance!.

Contra os ingleses, a Croácia enfrentou a sua terceira prorrogação na competição, mas desta vez sem a necessidade de decidir na disputa de penáltis. O físico dos atletas croatas tem vindo a ser muito exigente e Modric falou sobre essa situação: «Graças a Deus que não chegámos aos penáltis. Mostrámos que estamos muito bem fisicamente e agora temos que seguir, preparar bem para a próxima partida. Esperamos um rival muito difícil, creio que mais do que hoje. É o rival mais difícil deste Mundial.»
Por fim, o capitão da Croácia disse que, mesmo com toda a desconfiança da imprensa e até mesmo dos adeptos, o grupo sempre acreditou no potencial de seus jogadores e esteve consciente de onde a seleção poderia chegar neste Mundial.

«Chegámos muito humildes. Dissemos que o primeiro passo era passar da fase de grupos e foi o que aconteceu, mas tivemos uma confiança incrível e acreditámos que a equipa poderia alcançar algo histórico. E estamos aqui, a caminho da final», sublinhou.

Fonte: ABOLA / EB

Share.

Sobre o autor

Eliseu Augusto Botelho é jornalista da Televisão Pública de Angola desde Dezembro e 1999. Foi editor do 1º Jornal e do Jornal Nacional, ambos na TPA2 e Coordenador do Jornal da Tarde e co-coordenador do Telejornal, ambos na TPA1. Já foi chefe de redacção do Centro de Produção da TPA em Caxito-Bengo. Actualmente exerce a função de jornalista na Direcção de Multimédia da TPA, cuja tarefa é gerir os conteúdos publicados nas várias páginas do facebook da estação e no seu site oficial. Tem o curso médio de Jornalismo do IMEL e várias formações em Angola e Portugal com professroes, Angolanos, Brasileiros e Portugueses. É licenciado em Relações Internacionais, pelo Instituto Superior de Relações Internacionais, afecto ao Ministério das Relações Exteriores da República de Angola.

Deixar uma resposta